Durante o processo de torrefação, o café é submetido a grandes transformações físicas, definindo, assim, qual será seu aroma e sabor. A água evapora e os grãos de café tornam-se amarelados e crocantes. Os grãos de café ficam mais leves e maiores.

A temperatura e o tempo de torrefação são fatores decisivos para o aroma e sabor do produto final. Se o café é pouco torrado, o gosto fica insípido. Se torrado em excesso, o gosto torna-se amargo e forte.  A razão disto é que o óleo superficial do grão de café necessita de tempo para ser evaporado. Quando o grão é torrado além do recomendado esse óleo é carbonizado.

Após o processo de torra o café é esfriado , finalizando todo o processo da torrefação.

Para o preparo da bebida passamos para o processo de moagem, esta classificada em grosseira, média e fina, cada qual adequada para um tipo de preparo do café (espresso, coado….)

A moagem pode ser feita na própria torrefadora, produzindo o tipo café torrado e moído, na seqüência ele é embalado para ser comercializado

Os cafés torrado e moído ou em grãos que comercializamos são embalados em embalagens laminadas, a vácuo. Garantindo uma conservação melhor do café e aumentando sua validade. O café torrado e moído é mais sensível à ação do oxigênio, daí a importância de sua embalagem.